quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

TI: COMO SE TORNAR A CAIXA PRETA DA EMPRESA

Não há como negar que em matería de TI há inúmeros processos dentro de vários 
setores dentro de uma empresa que podem e devem ser controlados dia-à-dia a fim
de que em um período de tempo curto - seja ele semanal, quinzenal ou mensal -
dados possam ser analisados e tomadas de decisão possam ser criadas.

Todos os dias o TI de qualquer empresa trabalha a fim de que relatórios e dados
possam ser gerenciados tanto dentro do setor como em diversas áreas da 
empresa. O investimento de recursos na criação de ferramentas capazes de
gerir informações é massivo todos os anos em muitas empresas. A qualidade
do serviço prestado de àrea a àrea pode variar com o passar do tempo. 
No entanto, por diversos motivos, há algumas áreas da empresa que são
de difícil acesso ou que se tornam assim devido ao relacionamento e ao
modus operandi das mesmas com relação ao setor de TI. 

Algumas áreas podem necessitar de controles de informações que necessitam
do envolvimento de mais de uma área para o levantamento de dados e isso
dificulta o trabalho final na obtenção do resultado: pode ser que uma ponta
da informação em alguma outra área deixe de ser coletada e assim todo o
processo é comprometido. Há casos em que o escopo final é criado mas no
momento da implantação descobre-se que um detalhe deixou de ser levado
em conta e isso prejudica todo o projeto que por força maior é colocado de
lado.

E há aqueles casos em que o TI desenvolve mais de uma ferramenta para uma
mesma área e todas elas são sub-utilizadas ou nem sequer utilizadas. A síndrome
do "minha planilha é melhor do que seu sistema" é um problema em muitas
empresas. O TI por trabalhar com a qualidade de seus serviços acaba avaliando
aquele setor como de difícil acesso. Se muitas ferramentas são desenvolvidas para
um mesmo setor e nenhuma delas é utilizada haverá certa resistência por parte
do TI em tentar criar uma nova ferramenta para esta área. Se os projetos forem
concorrentes com os de outras áreas - materias e produção pedem dois sistemas
e todos os criados para a área estão sendo utilizados - por uma questão de 
bom uso e de promoção o TI dará prioridade a outras áreas: bons clientes
merecem consideração e respeito. Clientes que ainda se tentam conquistar
e sempre respondem de modo negativo a ferramentas novas criadas acabam
entrando no final da fila ou entregues a uma área em outra planta para 
análise e desenvolvimento.


Se tonar a caixa preta que nunca é capaz de corresponder a bons trabalhos 
que o TI desenvolve não é uma coisa boa para qualquer empresa. 

Quanto projetos foram criados em TI para sua área no ano que se 
passou? Quantos serão implementados este ano? Quantos foram implementados
e nunca utilizados?

Se estas perguntas forem respondidas por você de modo negativo  seria
boma avaliar uma mudança de direção neste ano. Afinal, ninguém quer ser
a piadinha da área de TI como o setor caixa preta que ninguém consegue
entrar.

Sucesso em 2014!

Nenhum comentário:

UM APLICATIVO DE VERSÍCULOS PARA CELULARES ANDROID

Olá, pessoal! Esse projeto foi criado em 2017 e aprimorado agora em 2018. Foi também criado com o Visual Studio 2015 em C#.NET com o Xa...